quinta-feira, 21 de julho de 2011

Dicas para Escrever uma Boa Estória do Usuário

A estória do usuário é uma técnica de descrição dos requisitos ágeis. A Estória contém nome, uma breve narrativa e critérios de aceitação. É relativamente fácil de escrever, decompor e refinar. Algumas dicas na descrição de uma boa estória do usuário:

stories

  • Foco no usuário;
  • Use estórias para facilitar a conversa entre: a equipe, o cliente, o usuário e as partes interessadas;
  • Escrever estórias é um trabalho em equipe;
  • Mantenha sua estória simples e concisa;
  • Progressivas decomposições em estórias menores, melhoram a sua estória;
  • Não se esqueça dos critérios de aceitação;
  • Use temas para organizar suas estórias. Cada tema é um grupo de estórias relacionadas.
  • Use cartões de papéis;
  • Coloque as estórias em um lugar visível a todos.

Fonte:

“WRITING GOOD USER STORIES”:

http://www.romanpichler.com/blog/user-stories/writing-good-user-stories/

Ta-ta for now

terça-feira, 12 de julho de 2011

Bacalhau Somente no Prato

bacalhau

O bacalhau é um apelido dado para programa. Os programadores cobol usam muito o termo ainda.

Mas bacalhau não é uma boa prática de engenharia de software. Geralmente feito rápido, com testes fracos, orientado a reza e sem as boas práticas da engenharia de software. Resumindo, uma forma de apagar rapidamente um incêndio.

Afirmo também que o bacalhau não é exclusividade do cobol, existem vários bacalhaus em java, visual basic, clipper, asp, c++ e outras linguagens. E os ambientes que desenvolvem os bacalhaus são variados, vão desde bancos a empresas de telecomunicação.

Para acabar com bacalhau, que só faz o sistema crescer desordenadamente como um tumor maligno, existem algumas idéias:

  • Aplicação de boas práticas de engenharia de software;
  • Prática de testes;
  • Clean code;
  • E um consenso da equipe em favor da qualidade.

Moral da história: Não adianta fazer um lixo e ter que refazer várias vezes. O custo será mais alto.

Ta-ta for now